5 pontos para considerar ao criar o logotipo da sua empresa.

Veja o que levar em consideração ao criar o logotipo e a identidade visual da sua empresa.

Não é nada fácil transparecer a essência e as diretrizes do seu negócio por meio de um logotipo, nós sabemos. É por isso que é de extrema importância contar com profissionais competentes e antenados com as melhores práticas em design e criação.

Separamos aqui, alguns dos diversos pontos a serem considerados quando você for contratar alguém para criar o logotipo e a identidade visual da sua empresa. Pode parecer bobeira, mas levar em conta pequenos detalhes e atentar para as características do mercado e também do público-alvo, por exemplo, são um ótimo começo. Leia abaixo os 5 pontos para considerar ao criar o logotipo da sua empresa:

1) Analise o mercado e o público-alvo: é preciso entender o que os seus concorrentes estão praticando para considerar acompanhá-los ou, até mesmo, ir de encontro às suas tendências. Dê muita importância ao perfil do cliente que você deseja atingir. Saber o que ele consome, como ele se comporta e o que ele almeja são informações básicas para construir uma identidade visual que coincida com o que ele espera da sua marca.

2) Conheça a fundo o seu negócio e respeite a sua essência: de nada adianta ficar focado apenas no seu produto ou no seu serviço e não considerar como você quer ser visto perante ao mercado e quais são seus diferenciais, por exemplo. O autoconhecimento para essa etapa é fundamental.


3) Atente-se para as cores e as fontes: 
nessa questão, é imprescindível contar com profissionais que entendam a fundo sobre as técnicas do design. Por exemplo, se o seu negócio for do ramo alimentício, existem práticas e cores que se encaixam mais neste tipo de segmento. Existem fontes mais modernas e fontes mais rebuscadas, ao escolhê-las é importante saber qual o perfil do seu negócio. De nada adianta optar por um conceito super moderno se a sua empresa atende um público com características mais sérias.

4) Cuidado ao utilizar efeitos: lembre-se de que o seu logotipo será utilizado em diferentes formatos de materiais e será aplicado em diferentes meios (impressos ou digitais, por exemplo). Utilizar muitos efeitos acaba prejudicando a aplicabilidade e a versatilidade do seu logo. Além disso, quanto mais simples o logotipo for, melhor. Perceba que, quando dizemos simples, não estamos afirmando que precisa ser algo comum.

5) Escolha um logotipo de fácil memorização: o que é mais importante? Um logotipo bonito ou um logotipo que esteja na memória do seu cliente? Bom, nós consideramos que é de extrema importância unir os dois pontos. Crie um logotipo que seja reconhecido facilmente pelo público e que este lembre sempre da sua marca e dos seus conceitos ao vê-lo.

Para concluir o nosso post, queremos reforçar a importância de contratar uma equipe de criação competente para colocar em prática suas ideias e seus desejos. Que tal contar com a equipe da Conteúdo.Freela? Vamos criar juntos a identidade visual do seu negócio. Conheça mais sobre os nossos serviços e entre em contato conosco.

Raissa Viegas

Raissa Viegas

Graduada em Relações Públicas pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” e Pós-Graduada em Marketing Digital pela FGV Online. Curiosa, apaixonada por café e cachorros, adora uma boa conversa sobre Marketing e Tecnologia.

Quer falar sobre seu negócio? Entre em contato!